Blog Inteligência Emocional

Por que você não é rico?

Iran Melo

Sou capaz de apostar que foram vários os momentos em que você disse para si: serei rico, vou ganhar dinheiro e fazer tudo o que sempre quis, mas, de repente, sem qualquer explicação, você desistiu de seguir em frente com os seus sonhos.

As suas crenças limitantes podem gerar respostas como “eu não tenho sorte, eu ganho pouco, eu sou injustiçado no trabalho, ninguém reconhece meu valor, não nasci para ser rico, as pessoas ricas são más e não ajudam ninguém”, além de tantas outras.

Talvez eu possa lhe ajudar a entender o seu fracasso em relação ao dinheiro, relacionando alguns motivos que o impedem de ser rico.

1. Você se importa mais com as aparências. Mostrar o seu novo carro lhe dá mais prazer do que qualquer outra coisa. Um carro deveria ser visto apenas como um meio de transporte que o leva de um lugar a outro, mas é exibido como símbolo de status e riqueza. Ao invés de usar o carro por toda a sua vida útil, o troca a cada 1 ou 2 anos, deixando assim de economizar e investir o dinheiro gasto nessa troca em algo que engordará a sua conta bancária.

2. Você costuma gastar o que ainda não ganhou. As pessoas que não têm mentalidade voltada para a riqueza são aquelas que contam o “ovo no XX da galinha”, gastam por conta. E, se esse ganho não vier vão entrar em dívidas para honrar outras dívidas. Isso significa dinheiro emprestado e juros. Muitos juros corroendo suas finanças.

“Por que não sou rico?” “Por que meu colega ganha o mesmo que eu e tem mais riqueza?”

3. Você é um consumista contumaz. Sei, você não quer admitir que é assim, mas eu o convido a fazer uma “visita” a seus armários, gavetas, estantes, mala do carro e outras “tocas”. Lá encontrará coisas que foram compradas e nunca usadas, ou usadas 3 ou 4 vezes, sinal de que não eram necessárias e dinheiro jogado no lixo que poderia ter aumentado sua poupança.

4. Você não tem noção de valor. Quantas vezes você comprou, e ainda compra produtos por um preço muito maior do que outros de marca similar e com as mesmas funções, apenas para exibir o seu estilo de vida? Mais uma vez dinheiro desperdiçado que poderia ter sido aplicado para a construção de sua riqueza.

5. Você não trabalha no que gosta. Se o trabalho que você faz hoje não é o emprego dos seus sonhos, certamente irá gastar mais tentando compensar a frustação de fazer algo que não o preenche. Isso ocorre mais do que se imagina e se dá de forma inconsciente.

6. Você não aproveita as oportunidades. Ganhar dinheiro requer esforço, trabalho, dedicação e muitas e muitas vezes, deixar de se importar com o que dizem os “amigos”, quase sempre sem dinheiro, quando surge uma oportunidade para um trabalho extra. Algumas horas a mais na semana ou mesmo algo a fazer que não esteja dentro do seu perfil, pode gerar uma boa renda.

Há muitos outros motivos que explicam o porquê de você não ser rico, e ser rico não se trata de ter muito dinheiro no banco, mas poder desfrutar das melhores coisas da vida segundo seus conceitos e valores, sem estar eternamente em dívidas.

Disciplina financeira, planejamento e saber discernir entre o que lhe é útil e atende as suas necessidades, o fará economizar para poupar e investir no que vai lhe trazer bons dividendos. Corte despesas desnecessárias e freie seu desejo de consumir por consumir.

Se você tem algumas dicas para contribuir com este tema, compartilhe conosco. Muitas pessoas podem se beneficiar.

Sobre o autor

Iran Melo

Iran Melo

Iran Melo é Administrador de Empresas e MBA em Finanças/Controladoria, Responde pela Controladoria no Grupo Handara. Trajetória profissional construída em empresas como Mendes Júnior S/A, Souza Cruz, Votorantim, Prolane S/A, HandaraJeansWear, MR2 Menswear e Grupo Handara/Bemt (atual). Suas formações e especializações em Coaching, Mentoring e PNL, assim como sua expertise em Auditoria Empresarial conferem a ele as credenciais necessárias para disseminar e compartilhar o conhecimento e as boas práticas de gestão. Sua missão está fundamentada no compromisso em contribuir e inspirar pessoas a reconhecer e desenvolver suas habilidades em benefício de si mesmas e de outros através do amor, compaixão, integridade, ética, sabedoria e ausência de julgamento.

Deixe umComentário